sábado, 25 de fevereiro de 2017

Fechamento - Fevereiro 2017

Atualização da carteira em 24/02/2017:

Com base na planilha de cotas do AdP, a carteira...

 

... teve uma valorização de 7,25% no mês (Ibovespa 3,08%)
... valorizou 16,32% no ano (Ibovespa 10,68%)
... tem uma rentabilidade histórica de 22,16
%
... teve um crescimento do capital de 8,07% no mês
... tem um crescimento do capital histórico de 126,56% (jan/2013).

Com relação aos proventos (calculados pelo preço médio de compra dos ativos):

Yield das ações no mês: 0,04% (no ano, 0,04%)
Yield dos FII no mês: 0,62% (no ano, 1,40%)
Yield do TD no mês: 0% (no ano, 4,07%)
Yield em março: 0,07% (no ano, 0,58%)


 
Já a divisão da carteira ficou assim:




Ações:
ABEV3      9,75% 
CIEL3        9,46% 
CMIG3     12,99% 
ELPL4       9,24%
ETER3      3,19%
GRND3    10,40%
ITUB3      13,66%
PTBL3       1,87%
VALE5     19,13% 
WEGE3   10,31%



FII:
XPGA11     56,06% 
BCFF11b   43,94%



TD:
NTN-F 010121 54,11% 
NTN-F 010123 17,89

NTN-F 010125 17,85%
NTN-F 010127 10,15%


Caso você goste de ouvir uma música enquanto lê o resumo do mês, deixo aqui uma sugestão:

Deep Purple - Highway Star


Fevereiro passou muito rápido. Mesmo. Eu só parei para respirar agora, com o Carnaval.

Pelos números alcançados até aqui, posso dizer que os poucos dias úteis do mês não prejudicaram o desempenho da carteira. Espero que prossiga assim nos próximos meses.

Proventos:

- BCFF11b: R$0,55/cota;
- XPGA11:  R$0,80/cota.
- ITUB3:     R$0,015/ação
- ABEV3:    R$0,07/ação


*valores líquidos, já descontado o IR correspondente.

Compras de fevereiro: Ambev.

Na última semana de janeiro começou a divulgação dos balanços anuais. As divulgações seguirão até o final de março, quase se confundindo com os balanços do primeiro trimestre de 2017.

Segue relação dos ativos da minha carteira de ações com seus respectivos resultados do 4t16 (ou sua data de divulgação) e anual:

Ambev:        02/03/2017  (R$ 8,250B)
Cielo:           R$1,064B    (R$ 4,183B)*
Cemig:         28/03/2017    (R$ 641M)
Eletropaulo: R$ 19M             (R$ 21M)
Eternit:         14/03/2017       (R$ -7M)
Grendene:   R$ 247M         (R$ 634M)
Itaú:             R$ 5,940B  (R$ 23,582B)
Portobello:   17/03/2017        (R$ -3M)
Vale:            R$ 1,463B  (R$ 13,296B)
Weg:            R$ 325M      (R$ 1,128B)

*Cielo divulgou uma bonificação de 1:5 (20%) data -com 12/04/2017 e valor por ação bonificada de R$2,65.

Proventos previstos para março: XPGA11 (R$0,90/cota), BCFF11b, ITUB3 (R$1,07/ação*), WEGE3 (R$0,18/ação*) e CIEL3 (R$0,259/ação*).

Bom, era isso. Um ótimo mês de março a todos!


quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Proventos e Investimentos - Fevereiro 2017

Parcial de fevereiro: 

Carteira 6,07% x 4,86% Ibovespa 


Proventos:

Tesouro Direto (cupons)

Yield de 0% no mês (4,07%* no ano)

FII (dividendos)

- BCFF11b: R$0,55/cota;
- XPGA11: R$0,80/cota.

Yield de 0,62% no mês (1,40% no ano)

Ações (dividendos e JCP)

- ITUB3 R$0,015/ação
- ABEV R$0,07/ação

Yield de 0,04% no mês (0,04% no ano)

*valores líquidos, já descontado o IR correspondente.

Aporte em Ambev.

Bom, era isso. Bom final de fevereiro a todos!

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Contas Inativas do FGTS - você é dono de uma delas?

Prezados,

Como todos devem saber, o Governo Federal anunciou hoje, com toda a pompa e circunstância, o calendário de saque das contas inativas do FGTS.

Deixando os floreios de lado - e foram muitos, uma vez que estamos falando de um Governo sedento por afirmação - repasso a tabela divulgada e passo algumas informações a vocês:



Prazo final para o saque: 31/07/2017.

Quem tem direito? Quem saiu do emprego a pedido ou então por justa causa até 31/12/2015.

É preciso deixar isso bem claro, porque assistindo ao noticiário se tem a impressão de que todos que possuem dívidas receberão uma colher de chá do Governo Federal. 

Essa mistura de assuntos numa mesma notícia (quem tem direito ao benefício e o que os especialistas recomendam fazer com este dinheiro) acaba por confundir a cabeça de uma população que é, em sua grande maioria, jurídica e financeiramente pouco instruída.

Existem muitas opções para consulta do saldo. A que parece ser a melhor está no site da Caixa: https://www.contasinativas.caixa.gov.br/pages/inter/home.html

E por que ela é a melhor? Segundo descrição feita pela própria Caixa, aqui você consegue saber:

1 - Se possui conta inativa de FGTS de acordo com a MP 763/16;
2 - Qual é o valor do seu saldo;
3 - Se você é cliente da Caixa, como escolher a opção de crédito em sua conta;
4 - O calendário do seu pagamento;
5 - O local mais conveniente para atendimento.
O site não diz na descrição, mas se você possui conta poupança individual na Caixa ela já está cadastrada para receber o dinheiro da(s) conta(s) inativa(s). E de quebra você ainda pode cadastrar gratuitamente o número do seu celular para receber notificações a respeito do calendário, crédito em conta, etc.

Mais algumas informações, estas para quem não é cliente da Caixa ou então para quem não desejar receber os valores numa conta da Caixa:

Se o valor for de até R$1.500,00 = basta a senha do cartão cidadão; só é possível sacar desta forma nos caixas eletrônicos da Caixa

Se o valor for de até R$3.000,00 = senha + cartão cidadão; mudido também da carteira de identidade, é possível sacar até este valor nas Lotéricas e correspondentes da Caixa (Caixa Aqui)

Se o valor for de até R$10.000,00 = presencial; precisa apresentar a carteira de identidade para fazer o saque ou a transferência para a conta de qualquer banco - sem custo.

Se o valor for superior a R$10.000,00 = presencial; além da carteira de identidade, precisa apresentar a carteira de trabalho ou o(s) termo(s) de rescisão de contrato de trabalho vinculado à(s) conta(s) inativa(s).

Como fazer o Cartão Cidadão, ou então fazer apenas a senha?



Existe a opção de você receber o dinheiro numa conta de outro Banco? 

Existe e será gratuita, segundo informação da própria Caixa... Mas será necessário ir presencialmente até uma agência da Caixa dentro do calendário divulgado para solicitar esta opção.

Ainda ficou alguma dúvida? No site, a Caixa criou uma lista de perguntas frequentes. Dá uma passadinha lá!

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Fechamento - Janeiro 2017

Atualização da carteira em 31/01/2017:

Com base na planilha de cotas do AdP, a carteira...

 

... teve uma valorização de 8,52% no mês (Ibovespa 7,38%)
... valorizou 8,52% no ano (Ibovespa 7,38%)
... tem uma rentabilidade histórica de 14,02
%
... teve um crescimento do capital de 8,73% no mês
... tem um crescimento do capital histórico de 109,64% (jan/2013).

Com relação aos proventos (calculados pelo preço médio de compra dos ativos):

Yield das ações no mês: 0,005% (no ano, 0,005%)
Yield dos FII no mês: 0,78% (no ano, 0,78%)
Yield do TD no mês: 4,07% (no ano, 4,07%)
Yield em janeiro: 0,51% (no ano, 0,51%)


 
Já a divisão da carteira ficou assim:





Ações:
ABEV3      9,77% 
CIEL3      10,04% 
CMIG3     10,12% 
ELPL4       9,49%
ETER3      3,55%
GRND3    10,52%
ITUB3      13,70%
PTBL3       2,01%
VALE5     20,25% 
WEGE3   10,55%


FII:
XPGA11     58,75% 
BCFF11b   41,25%

TD:
NTN-F 010121 54,48% 
NTN-F 010123 17,85
NTN-F 010125 17,66%
NTN-F 010127 10,01%


Caso você goste de ouvir uma música enquanto lê o resumo do mês, deixo aqui uma sugestão:

Noel Gallagher's High Flying Birds - In The Heat Of The Moment



No Brasil, o ano só começa depois do Carnaval.

É o que dizem.

Eu mesmo passei janeiro trabalhando muito e só vislumbro alguma folga no feriado de Carnaval. 

A carteira, pelos números, também andou trabalhando bastante em janeiro. Espero que ela continue fazendo sua parte nos meses vindouros.

Proventos:

- Cupons NTN-F: R$38,68/cupom*
- BCFF11b: R$0,54/cota;
- XPGA11:  R$1,19/cota.
- ITUB3:     R$0,015/ação

*valores líquidos, já descontado o IR correspondente.

Compras de janeiro: NTN-F 010127 e Cielo.

Na última semana de janeiro começou a divulgação dos balanços anuais. As divulgações seguirão até o final de março, quase se confundindo com os balanços do primeiro trimestre de 2017.

Foca no balanço!

Segue relação dos ativos da minha carteira de ações com seus respectivos resultados do 4t16 (ou sua data de divulgação) e anual:

Ambev:        02/03/2017  (R$ 8,250B)
Cielo:           R$1,064B    (R$ 4,183B)*
Cemig:         28/03/2017    (R$ 641M)
Eletropaulo: 24/02/2017     (R$ 1,5M)
Eternit:         14/03/2017       (R$ -7M)
Grendene:   16/02/2017     (R$ 387M)
Itaú:             07/02/2017 (R$ 17,642B)
Portobello:   24/02/2017        (R$ -3M)
Vale:            23/02/2017 (R$ 11,809B)
Weg:           22/02/2017      (R$ 802M)

*Cielo divulgou uma bonificação de 1:5 (20%) data -com 12/04/2017 e valor por ação bonificada de R$2,65.

Proventos previstos para fevereiro: XPGA11 (R$0,80/cota), BCFF11b, ITUB3 (R$0,015/ação) e ABEV3 (R$0,07/ação).

Bom, era isso. Um ótimo mês de fevereiro a todos!

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Proventos e Investimentos - Janeiro 2017

Parcial de janeiro: 

Carteira 6,52% x 6,51% Ibovespa 


Proventos:

Tesouro Direto (cupons)

Yield de 4,07%* no mês (4,07%* no ano)

FII (dividendos)

- BCFF11b: R$0,54/cota;
- XPGA11: R$1,19/cota.

Yield de 0,78% no mês (0,78% no ano)

Ações (dividendos e JCP)

- ITUB3 R$0,015/ação

Yield de 0,005% no mês (0,005% no ano)

*valores líquidos, já descontado o IR correspondente.

Aporte em Cielo.

Bom, era isso. Bom final de janeiro a todos!

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Planejamento da carteira - controle, projeção e plano de ação para o primeiro semestre 2017

Desde que estabeleci objetivos para o meu dinheiro, janeiro e julho deixaram de ser meros meses de balanço; eles passaram a ser mais importantes do que isto.

O fechamento do semestre passou a ser um ponto de chegada/partida importante para a análise do planejamento estabelecido. E como já expus aquiaquiaquiaquiaquiaqui e aqui a pergunta que me faço nestas horas é "como estou me saindo?"

Eis a resposta atualizada, tendo por base os dados do 2° semestre de 2016:

Ganhos/Gastos (comparação com 2015)

                               (1° sem)        (2° sem)         (anual)
▲% dos Ganhos:  -28,40%           -9,83%         -19,79
%
▲% dos Gastos:    +6,76%         +25,49%        +15,46%

Proporção dos Gastos com relação aos Ganhos:

             (1º sem)       (2° sem)        (anual)  

2016      73,14%        68,47%         70,71%
2015      49,05%        49,20%         49,12%
2014      43,45%        30,71%         35,98%
2013      48,49%        22,37%         33,58%
2012      45,91%        15,52%         27,45%
2011      67,71%        24,09%         40,11%
2010      66,53%        30,70%         44,55%
2009      80,14%        34,32%         51,25%


Meta: 50% 


Aportes - proporção dos Aportes com relação aos Ganhos:

            (1º sem)      (2° sem)       (anual)

2016     30,20%        19,73%       24,76%
2015     46,76%        48,74%       47,68%
2014     45,53%        57,84%       52,23%
2013     34,04%        65,88%       52,60%
2012     42,67%        67,89%       56,12% 
2011     16,89%        67,45%       48,36%
2010     26,80%        61,16%       46,93% 
2009     14,36%        59,37%       45,18%

Renda Passiva (Yield) da Carteira:

2016       3,51%

2015       4,35%
2014      10,14%
2013      11,82%
2012       9,17%
2011       7,52%
2010       5,00%
2009       8,89%

Meta: 10% 

Uma vez apresentadas as variáveis, passo a comentá-las.


Com relação aos Ganhos:

Como já havia adiantado em posts anteriores, a ausência de receitas extraordinárias fez com que a minha renda ativa caísse em 2016.

A boa notícia é que o pior já passou. Para 2017 só espero alterações positivas neste marcador.


Com relação aos Gastos:
 
Tendo em vista o cenário descrito acima, o foco de 2016 passou a ser controlar os gastos. Mesmo tendo reduzido as despesas como pude, fatores pessoais importantes (o mais importante deles, uma mudança de cidade) me obrigaram a aumentar as despesas fixas a partir do segundo semestre.

Ainda assim, as condições agora são favoráveis e eu espero ter uma boa redução neste quesito para 2017 para um patamar inferior, inclusive, aos de 2015.

Com relação aos Aportes:


A meta de aporte anual não pôde ser realizada. Faltou pouca coisa, é bem verdade... mas faltou.


Ainda assim, graças à realocação dos proventos, não considero 2016 como um ano perdido. Pelo contrário: graças ao planejamento, em valores absolutos, o aporte total (dinheiro novo + proventos) se manteve dentro da média de anos anteriores.


Com relação ao Yield:

Em valores absolutos, houve uma redução de 6,17% nos proventos recebidos quando comparados ao mesmo período de 2015. Também em valores absolutos, isso corresponde a 26,07% dos Gastos do ano.

A base de cálculo do Yield aqui apresentado é diferente da que divulgo mensalmente, ela leva em conta o patrimônio bruto do fechamento do ano anterior; já o Yield divulgado mês a mês tem por base o patrimônio bruto do fechamento do mês em questão.


Acredito ser importante fazer também alguns esclarecimentos.

Defino 2016 como um ano fora da curva. Muitas coisas aconteceram no campo pessoal que acabaram impactando negativamente o meu planejamento financeiro.

Como estes percalços teriam de ser trilhados em algum momento, fico feliz por tê-los encarado logo de uma vez. 

É o que costumo repetir: uma foto ruim não tem o poder de estragar um filme bom.

A meta de crescimento do patrimônio para 2016 é a mesma dos anos anteriores: 30%. No ano ela cresceu 35,06%.


A divisão da carteira para 2016 ficou assim estabelecida: 75% Ações, 15% TD e 10% FII. Em dezembro ela se manteve perto disso (78-15-7).

Sei que a concentração em RV é um tanto perigosa, mas é um risco que o tamanho ainda reduzido do meu patrimônio, minha pouca idade e o momento da bolsa me encorajam a correr.

Os aportes do 2° semestre foram destinados para Ambev, Cielo, Grendene, Itaú e Weg. Também houve recompra de NTN-F 010127 em julho.

Repetindo o primeiro semestre de 2016, não ocorreram mudanças na carteira de ações nos 6 últimos meses, apenas reforços nos ativos previamente escolhidos.

Para o próximo semestre já reinvesti os cupons do TD (NTN-F 010127) e prosseguirei com o rebalanceamento da carteira, nos moldes do que já venho fazendo.

Não sei os amigos, mas eu estou ansioso para saber como se darão os saques das contas inativas do INSS. Tenho um bom dinheiro preso lá e seria muito bom recebê-lo antes dos 3 anos a que eu deveria esperar para tanto.

Bem, era isso. Desejo a todos um excelente primeiro semestre!

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Fechamento - Dezembro 2016

Atualização da carteira em 29/12/2016:

Com base na planilha de cotas do AdP, a carteira...

 

... teve uma valorização de 0,56% no mês (Ibovespa -2,71%)
... valorizou 24,56% no ano (Ibovespa 38,94%)
... tem uma rentabilidade histórica de 5,06
%
... teve um crescimento do capital de 1,22% no mês
... tem um crescimento do capital histórico de 93,33% (jan/2013).

Com relação aos proventos (calculados pelo preço médio de compra dos ativos):

Yield das ações no mês: 0,69% (no ano, 2,07%)
Yield dos FII no mês: 0,69% (no ano, 8,04%)
Yield do TD no mês: 0% (no ano, 8,10%)
Yield em dezembro: 0,62% (no ano, 3,14%)


 
Já a divisão da carteira ficou assim:


Ações:
ABEV3    10,47% 
CIEL3      10,38% 
CMIG3      9,22% 
ELPL4     10,21%
ETER3      3,50%
GRND3    11,22%
ITUB3      14,36%
PTBL3       1,72%
VALE5     17,38% 
WEGE3   11,54%


FII:
XPGA11    59,01% 
BCFF11b   40,99%

TD:
NTN-F 010121 57,47% 
NTN-F 010123 18,76
NTN-F 010125 18,53%
NTN-F 010127   5,24%

Caso você goste de ouvir uma música enquanto lê o resumo do mês, deixo aqui uma sugestão:

Kaiser Chiefs - Ruby


O mês de dezembro pode ser resumido assim para mim: férias, Grêmio pentacampeão da Copa do Brasil e Inter rebaixado para a segunda divisão.

Eu estava lá!!

Como disse um ilustre gremista, quisera eu morar para sempre neste mês de dezembro de 2016...

Agora voltemos à programação normal.rs

Proventos de dezembro:

- BCFF11b: R$0,54/cota;
- XPGA11:  R$0,98/cota.
- ITUB3:     R$0,015/ação
- ABEV3:    R$0,19/ação*
- CMIG3:  R$0,41/ação*
- ELPL4: R$0,26/ação

*valores líquidos, já descontado o IR correspondente.

Compras de dezembro: Itaú e Weg.

Proventos previstos para janeiro: XPGA11 (R$1,19/cota), BCFF11b, ITUB3 (R$0,015/ação) e os cupons das minhas NTN-Fs.

Bom, era isso. Um ótimo 2017 a todos vocês!